7.3.17


TUDO LÁ FORA. TUDO LÁ FORA. PRINCIPALMENTE O MEDO.
Medo? - ela perguntou. Um tanto ansiosa, um tanto nervosa. Muito pó.

Puro pó.

Daqueles.

Daqueles que você nem quer ver.

Daqueles que você nem quer sentir.

Nem ver.

Nem sentir.

Nada.

Nada

Puro pó.

Puro nada.

Nada...

Nada.

Medo? - ela repetiu, ainda mais ansiosa, ainda mais nervosa.

Muito nervosa.

Muito pó.

Puro pó.

Daqueles que você nem quer ver.

Daqueles que você nem quer sentir.

Nem ver.

Nem sentir.

Medo? - ela se perguntou. Um tanto ansiosa, um tanto nervosa. Muito pó.

A cabeça sequer respondia.

O cérebro muito menos.

Puro pó.

Muito pó.

Muito menos.

Daqueles que você nem quer ver.

Daqueles que você nem quer ver.

Nunca...

Nunca

E tudo fica lá fora.

Tudo.

Principalmente o medo.

Principalmente o medo.

Muito.

Medo...

Nenhum comentário: