6.3.17


E AS GOTAS LÁ FORA...

Tudo.
Nada.
Apenas lágrimas.
Apenas amor.
Apenas nada.
Muito tudo.
Muitas lágrimas.
Muito amor.
- E você me ama? - ele perguntou.
- Ama?- insistiu de forma severa.
Ela apenas ficou em silêncio.
Silêncio.
Total.
Silêncio.
Total.
Tola.
Boba.
Apenas ela.
Como sempre.
Apenas lágrimas.
Sal e amor.
Sal e nada.
Apenas amor.
Apenas nada.
Muito tudo.
Muitas lágrimas.
Muito amor.
- E você? Você me ama? - ela perguntou.
Ele apenas ficou em silêncio.
Nada.
Silêncio.
E as gotas de chuva lá fora.
Caindo como deveriam cair.
Caindo como deveriam cair.
Sempre...
Sempre...

Nenhum comentário: