7.2.17



TUDO AO MESMO TEMPO...

Delícia.
De nada.
De tudo.
Apenas delícia.
Muita.
Muita delícia.
Muita delícia.
De nada.
De tudo.
Muito.
E o beijo - lindo - sumiu no todo.
Contexto insano e delicioso.
Delicioso.
Mas o beijo apenas sumiu.
Sumiu.
Na cena do bar.
Na cena da noite.
Na canção do DJ.
Na bebida mal tomada.
Ele apenas sumiu.
Sumiu.
Apenas sumiu.
E ela, linda, vinha com garra e força e tesão.
Um lindo delírio.
Furacão.
Desejo e tesão.
E o beijo?
Lindo?
Apenas sumiu.
Sumiu como um todo.
Contexto insano e delicioso.
Delicioso e inacabado.
Um desejo.
E ele apenas sumiu.
Sumiu.
Na cena do bar.
Na cena da noite.
Na canção do DJ.
Na bebida mal tomada.
Ele apenas sumiu.
Sumiu.
Apenas sumiu.
E os lábios?
Molhados e secos ficaram.
Sozinhos.
Apenas sozinhos....
Muito sozinhos...

Nenhum comentário: