9.2.17


O ESPARTILHO. E TUDO O MAIS. TUDO O MAIS. QUE SE PODE MOSTRAR E DESEJAR.
TUDO.
O QUE PODE EXISTIR A MAIS...
A MAIS...
 

Tudo mais.

Tudo.

Tudo a mais.

Tudo à mostra.

Tudo muito à sobra.

Tudo sobra.

Tudo e nada.

Tudo.

Nada.

Vontades e desejos e frestas.

Muitas frestas.

Tudo mais.

Tudo a mais.

Tudo o que se desejava ver.

Coxas, pernas, calcinhas, lingerie.

Meias.

Tudo o mais.

Tudo a mais.

Tudo.

Mais do mesmo.

Muito de tudo.

Muito do mesmo.

Muito de tudo...

E ele?

Apenas um bobo que não sabia o que fazer.

Não sabiar para onde correr.

Um bobo.

Um tolo.

Mais do mesmo.

Muito de tudo.

Muito do mesmo.

Muito de tudo...

Apenas ele.

Apenas...

ele...

Nenhum comentário: