28.12.16





OS QUADROS



Botas e quadros e passos e sonhos perdidos.

Muitas botas.

Muitos sonhos.
 
Mais do que o necessário de quadros.
 
Muito mais.

Mais do que o suficiente de passos.
 
Mais quadros.
 
Menos passos.

Muito mais.

Muito tudo.

Mais de tudo.

Muito tudo.

Muitos.

Muitas.

Cores.

Muitos?

Muitas...

Muitos desejos e palhaços e cores.

Muitas.

E muitos?

Calores.

Desejos.

Vontades.

Vontades?

Sim, vontades.

Vontades e sonhos e de sonhos perdidos.

Muitos sonhos.

Muitas vontades.

Muito.

Muito de tudo.

Muito demais.

Demais.

Mais do que se precisava.

Mais do que o necessário.

Sonhos.

Desejos.

Cores.

Calores.

Lábios.

Molhados.

E inchados.

Lábios apaixonados.

Lábios...

Muitos.


Nenhum comentário: