1.6.16





AMAR? QUEM? NUNCA TE VI, SEMPRE GOSTEI....



Linda.

Perversamente linda e adorável.

Destroçando corações.

Apenas destroçando.

Linda demais e ele sequer sabia seu nome.

Lindo?

Não.

Um verdadeiro idiota.

Um verdadeiro tolo.

Um ogro.

Tosco como sempre e sempre e sempre.
 
Ogro.

Desde que existiu.

Desde sempre.
 
Desde que nasceu.

Escondido através das palavras e das teclas.
 
Apenas escondido.

Sempre escondido.

Sempre.

Ela?

Linda.

Linda demais.

Sempre.

E?

Não ficaram juntos.

Ela o quis.
 
Ele também.

Ele ficou com medo.

Ela não.

Simples assim.

Como todas as estórias de amor que dão errado terminam.

Como todas terminam errado.

Lindo e linda, apenas separados...

Apenas separados....

Como nunca devia ser.

Nunca devia ser...


Nenhum comentário: