20.12.04

NÃO SE INCOMODE COM A DOR DE QUEM É SÓ...

Você gosta de escutar a noite?

Ela adora.

Mais do que seus gatos, mais do que sua música, mais do que seus poemas, suas canções de amor, seus namorados babacas, sua vida pequena, seus sonhos ambiciosos, mais do que tudo.

Ela simplesmente adora escutar a noite.

Os ruídos, as sirenes, as estrelas, as brigas, os amores, enfim, a noite sempre soou como uma sinfonia para os seus delicados ouvidos. Uma sinfonia quebrada e bêbada, surrada e perfeita.

Dentro do apartamento minúsculo com um quarto e sem cozinha, no centro da cidade suja, a noite sempre foi sua (única) melhor companhia. A noite e os seus ruídos de ninar.

Você gosta de escutar a noite?

Experimente.

Mas, por favor, não se incomode com a dor de quem é só.

De forma alguma...


Nenhum comentário: