25.11.04

espantei o mau agouro
joguei sobre minha cabeça
um copo cheio de conhaque

conhaque velho
conhaque barato

atraí o tédio
atraí o velho
pulei do prédio

prédio velho
como toda a minha vida

Nenhum comentário: