27.6.03



CHANCES

Ele achava, até aquela noite, que nao era capaz de fazer nada que prestasse. Ele acreditava, piamente, que tudo em que tocava se transformava em lixo. Ja havia algum tempo que ele tinha a certeza de estar perdido. Total e irrecuperavelmente perdido. Uma cançao derretida em acido do Radiohead, sem começo, sem meio e sem fim. Até aquela noite.

- Quer dançar comigo? - ela pediu, carinhosa
Ele o olhou surpreso e perguntou - Quando? Agora?
- Nao, na semana que vem - ela brincou
- Por que você quer dançar comigo? - ele perguntou - Eu ja nao te fiz mal suficiente?
- Eu te amo seu idiota. Quero dançar a porra da minha vida inteira com você porque eu te amo. Apenas isso - ela respondeu - Agora, vem dançar.

Ele apenas sorriu e decidiu que ainda iria se dar uma chance. Uma ultima e preciosa e necessaria chance. E na pista do Clube Varsovia, naquela noite, um casal dançou apaixonadamente. Um garoto perdido tentando se encontrar e uma garota decidida querendo ser feliz. Apenas querendo ser feliz...


Nenhum comentário: