20.2.03



NINGUÉM NUNCA SE IMPORTA...NUNCA

Ninguém se preocupava com ele, muito embora o mundo sempre esperasse que ele resolvesse os seus problemas. Todos os seus problemas. E, no fundo, ele queria que todos explodissem. O mundo, os seus amigos egoístas, sua família egoísta, enfim, todos, todos aqueles que esperavam que ele conseguisse carregar um peso muito maior do que aquele que ele efetivamente podia suportar. Ele queria que o mundo soubesse que ele era capaz de chorar, capaz de sofrer, capaz de não ser capaz. Ele apenas queria ser normal e poder ser carente de vez em quando. Será que isso era pedir demais? Sua melhor amiga dizia, com frequência, que ele só não nasceu anjo por acaso e por algum engano divino. Quer saber? - ele pensava - Fodam-se os anjos...simplesmente fodam-se todos eles...



Nenhum comentário: